Álcool causa queimação no estômago?

Álcool causa queimação no estômago?

Sentir dor no estômago após ingerir bebidas alcoólicas pode ser mais comum do que se imagina. Muitas pessoas sentem desconforto facilmente com o aumento do ácido no estômago ocasionado pelo alcoolismo. Contudo, dores severas e frequentes, muitas vezes causadas por uma pequena quantidade de álcool, podem ser sinal de um problema ainda mais grave.

O QUE ACONTECE NO SISTEMA GASTROINTESTINAL?

Dentre os muitos sistemas de órgãos do corpo humano afetados pelo álcool, encontra-se o estômago. o órgão desempenha funções importantes e é o local de absorção do álcool na corrente sanguínea e, em menor grau, de sua quebra. O contato direto de bebidas alcoólicas com a mucosa que reveste esse trato pode induzir numerosas alterações metabólicas e funcionais — levando a alterações agudas e crônicas, relacionando-se a diversas doenças e dores constantes.

A QUAIS DOENÇAS A DOR NO ESTÔMAGO PODE ESTAR ASSOCIADA?

– Intolerância ao álcool: é uma condição que prejudica o organismo no processo de digestão do álcool. Isso ocorre quando o intestino delgado não é capaz de produzir as enzimas necessárias para digerir o álcool. Ingredientes de cerveja como o dióxido de enxofre, conservantes e histamina podem ser o gatilho dessa intolerância. A má notícia é que essa condição não é curável, por isso é recomendado que você evite o consumo de álcool para evitar a dor de estômago, um dos maiores sintomas dela.

– Úlceras estomacais: são caracterizadas como feridas abertas que afetam o revestimento do estômago. As feridas podem também estar presentes no esôfago e no duodeno (porção inicial do intestino delgado). Os sintomas dessas úlceras estomacais são o desconforto abdominal após refeições e dores. Muitas vezes, o desconforto é associado à sensação de queimação antes de beber ou comer.

– Gastrite: o consumo de álcool, mesmo em pequenas quantidades, irrita a mucosa do estômago à medida que aumenta a quantidade de ácido no órgão. Isso pode provocar dor constante na parte superior do abdômen, e ainda é possível que outros sintomas como inchaço, vômitos, náuseas e diarreias estejam presentes. É válido lembrar que bebidas com menor teor alcoólico, como cerveja e vinho, aumentam os níveis de ácido do estômago e contribuem para o quadro da mesma forma que bebidas com teor maior.

– Pancreatite: além de causar a irritação do estômago como a gastrite, o consumo de diversas bebidas alcoólicas pode levar a um quadro de pancreatite (inflamação do pâncreas). Ela interfere no processo digestivo, causando dor abdominal intensa. Alguns casos de pancreatite crônica são provocados por cálculos biliares, mas cerca de 60% é devido ao consumo de álcool.

COMO PREVENIR E TRATAR A DOR NO ESTÔMAGO?

Ao notar com frequência essas alterações e dores no estômago, é necessário procurar o médico especialista para que ele tome as medidas necessárias para diagnosticar o caso e escolher a melhor maneira de tratar o quadro. Porém, algumas dicas sempre são válidas para prevenir ou diminuir possíveis danos:

– Ter uma alimentação saudável;

– Beber bastante água;

– Praticar exercícios regularmente.

Evitar a ingestão de álcool é a melhor maneira de prevenir possíveis danos ao seu estômago. Contudo, é preciso lembrar que a consulta com um especialista é fundamental para avaliar os seus sintomas e preservar sua saúde.

Agora você já sabe o que fazer se sentir dores de estômago constantes decorrentes do consumo de bebidas alcoólicas.

A endoscopia Ecoville disponibiliza toda a assessoria, inclusive com terapias para recidiva de peso, como plasma de argônio.

Entre em contato e saiba mais!

Quais os riscos do tratamento Stretta?
Álcool causa queimação no estômago?”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

Dr. Daniellson Dimbarre

You must be logged in to post a comment