5 principais distúrbios emocionais causadores de Refluxo Gastroesofágico

O nosso corpo é inteiramente interligado, e que muitas vezes as causas de uma patologia ou desconforto no organismo, está diretamente associado à nossa saúde mental, por exemplo.

Com o nosso estômago não poderia ser diferente. Todo nosso sistema digestivo tem uma conexão perpétua com o nosso cérebro.

Sendo assim, desequilíbrios emocionais, emoções fortes e constantes, podem levar a problemas graves, como o refluxo gastroesofágico.

Na intenção de alertar e orientar, separamos 5 principais distúrbios emocionais, que podem levar ao desenvolvimento, ou agravamento do refluxo do paciente.

1. Ansiedade

A ansiedade, naturalmente, é um gatilho emocional provocado para nos manter alertas em situações de perigo, ou, convertido para nossas necessidades modernas, para permanecermos o foco e a concentração em algo importante.

Porém, quando nossa rotina leva esse sentimento a um patamar que extrapola sua função primordial, o seu corpo responde de maneira agressiva, demonstrando que algo não está certo.

E claro, ocasionando um quadro de refluxo trazendo muito desconforto para o seu dia a dia.

2. Estresse

Muito ligado à ansiedade, o estresse é um fator emocional diretamente associado ao refluxo gastroesofágico.

Isso porque, quando nos encontramos em situações estressantes, os níveis de ácidos gástricos se elevam em nosso estômago agravando os sintomas do refluxo.

3. Compulsão alimentar

Um fato que também podemos levar em conta nos sintomas de refluxo, é a compulsão alimentar, em decorrência do estresse e da ansiedade.

Mas como isso ocorre? Quando há um quadro de desequilíbrio emocional, uma das formas mais comuns de se descontar todos aqueles sentimentos conturbados, é na alimentação.

E nessas horas, o maior foco é a ingestão de comidas com baixíssimo ganho alimentar, que são uma das principais origens do refluxo gastroesofágico.

4. Depressão

A depressão é como se fosse o conjunto da obra de diversas situações, e que trazem diversos malefícios para todo o corpo do indivíduo.

Dependendo do nível do quadro depressivo, o paciente opta por hábitos nada saudáveis para o seu dia a dia, desde uma alimentação desregrada, noites mal dormidas e assim por diante.

Tudo isso resulta em um cenário perfeito para o desenvolvimento de refluxo.

5. Hábitos danosos como cigarro e excesso de bebidas alcoólicas

Unindo todos esses quadros emocionais, um sintoma que pode levar ao desenvolvimento grave de refluxo, está ligado à ingestão de bebidas alcoólicas em demasia e o uso de cigarro.

O fumo, falta de auto-controle levando a abusos de álcool e cigarro, são respostas do cérebro na busca por um alívio do estresse, ansiedade, entre outros fatores emocionais já citados.

O consumo de cigarro altera a produção de saliva que ajuda a prevenir a ação de ácidos no estômago.

Enquanto que o beber álcool em muita quantidade torna o processo de digestão lento, piorando o refluxo e causando irritação no revestimento do estômago.

A dica é procurar um auxílio multidisciplinar, que abarque o tratamento não do refluxo, como também ofereça um acompanhamento psicológico para trazer hábitos mais saudáveis ao seu dia a dia.

Caso você já tenha passado por um refluxo, gerado por algum desses distúrbios emocionais, deixe nos comentários como você fez para superá-los! Com certeza vai servir como uma motivação para outras pessoas procurarem ajuda.

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“5 principais distúrbios emocionais causadores de Refluxo Gastroesofágico”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

Como o balão intragástrico ajuda no emagrecimento?

O BALÃO INTRAGÁSTRICO é um dos métodos mais disseminados nos PROCEDIMENTOS BARIÁTRICOS. Porém, muitos pacientes ainda não entendem muito bem como ele pode auxiliar no emagrecimento.

A ideia deste post é para que você tenha maior clareza e segurança, caso leve adiante a introdução do balão intragástrico. Primeiramente vou explicar a QUEM ELE É RECOMENDADO e depois como ele atua efetivamente no EMAGRECIMENTO.

Quem pode colocar o balão intragástrico?

Para entender se a colocação do BALÃO INTRAGÁSTRICO é recomendado a você, antes de tudo realize um exame e faça a medição do seu IMC.

O procedimento é recomendado a pessoas que: possuem um IMC superior a 30kg/m²; IMC superior a 35kg/m²; ou que sofram com doenças associadas como pressão alta ou diabetes, por exemplo.

Não há uma faixa etária específica para a colocação do balão intragástrico, sendo considerado uma forma de tratamento em casos de grau de obesidade muito elevado.

Mas, para crianças recomenda-se esperar até passar a fase de crescimento, visto que o grau da doença pode diminuir durante esse período.

Como o balão age no emagrecimento do paciente

A técnica é muito simples, e muito eficiente na busca pela PERDA DE PESO imediata.

Com o paciente sedado, é introduzido a partir da boca mesmo, através de tubos flexíveis, um balão ainda vazio, no seu estômago. Tendo o balão posicionado, ele é preenchido com soro fisiológico, ou líquido azul.

Dessa maneira, o balão ocupa uma parte do espaço do estômago, diminuindo sua capacidade de armazenamento de alimentos.

Consequentemente, o paciente passa a ingerir menos alimentos, devido a sensação de saciedade que a presença do balão causa dentro do estômago.

Os resultados, em pouquíssimo tempo, é a perda média entre 13 a 18% do peso inicial. Isso sem a necessidade de internação.

Cuidados após o procedimento

O fator que você deve ter em mente após passar pela colocação do balão intragástrico, é a sua alimentação.

É imprescindível que se siga uma DIETA REGRADA, mesmo depois de sentir a perda de peso após o tratamento. Isso porque alguns pacientes que colocam o balão, resolvem cuidar da alimentação por conta própria.

A realidade é que, mesmo ingerindo menos comida, o paciente pode continuar com o hábito de consumir alimentos nada saudáveis. Gerando então um REGANHO DE PESO.

Sendo assim é essencial o acompanhamento com uma equipe multidisciplinar, contando com um nutricionista para receber uma dieta balanceada.

Espero ter elucidado um pouco mais sobre o balão intragástrico, seu funcionamento e cuidados. Um paciente bem informado é um paciente que se cuida melhor.

Se esse conteúdo ajudou a tirar suas dúvidas, deixe um SIM nos comentários!

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“Como o balão intragástrico ajuda no emagrecimento?”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

04 de abril: Páscoa

Como diretor da Endoscopia Ecoville, represento aqui meus 3 sócios e todas os nossos colaboradores, num só coração, desejando-lhe uma Abençoada Páscoa.

Porque Jesus ressuscitou e vivo está podemos crer no amanhã.

Que Jesus encha sua casa de paz e esperança em dias melhores.

O Senhor Jesus é bom, desfrute de Seu amor e Sua Paz, nesta que é a data mais importante para o Cristianismo.

Traga à sua memória aquilo que lhe traz esperança. Tenha dias abençoados, com alegria, harmonia e muito amor. Feliz Páscoa.

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“04 de abril: Páscoa”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

31 de março: Dia da Saúde e Nutrição

O nosso bem-estar começa, continua e termina em pequenos hábitos que fazem toda a diferença.

Desde tratamento mais convencionais, até pré e pós-operatórios, o que você come e como você gasta sua energia, reverberam em sua saúde.

Pensando nisso que existe o Dia da Saúde e Nutrição, comemorado nesse dia 31 de março.

É uma data para jogarmos luz e valorizarmos não só os esforços de especialistas que levam transformações a vida de seus pacientes, como também para demonstrar que pequenas ações podem levar a uma vida mais saudável.

Por isso, nesse Dia da Saúde e Nutrição, toda nossa equipe quer incentivar e motivar você a manter seus hábitos saudáveis, ou então iniciar uma nova etapa no seu dia a dia.

Aproveite essa data para repensar os seus costumes quanto a sua rotina, e adotar uma nova realidade para si mesmo!

Celebre o Dia da Saúde e Nutrição conosco! Deixe nos comentários um UP se você já está abraçando pequenas transformações para promover mais saúde no seu cotidiano!

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“31 de março: Dia da Saúde e Nutrição”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

29 de março: Aniversário de Curitiba

O dia 29 de março não é como qualquer outro. Nessa data, celebramos o aniversário da cidade que nos acolhe e chamamos de casa!

Um feliz aniversário a essa bela cidade que faz de tudo para oferecer a melhor estrutura, amparo e oportunidades para nos desenvolvermos cada vez mais.

Obrigado Curitiba, por se fazer presente, não só por ser o lugar que fincamos nossas raízes, como também por seu clima ameno, seus lindos parques, e por todo o cenário que nos abraça todos os dias.

É com muita alegria, que deixamos aqui, os nossos votos mais orgulhosos, para que essa cidade siga sendo um exemplo de modernidade e cuidado. Parabéns Curitiba!

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“29 de março: Aniversário de Curitiba”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

Como é o novo tratamento endoscópico para o Refluxo?

Procedimento Transoral de Funduplicatura. Nome complicado não é mesmo? Ele provém da sigla em inglês TIF, mas o que isso significa exatamente?

É muito comum recebermos pacientes com problemas de esofagite crônica, ou a famosa azia, que gera refluxos no estômago. Essas pessoas são acometidas por uma série de sintomas desconfortáveis, chegando a impedi-las de ingerir certos alimentos e até de ter uma noite de sono tranquila.

O procedimento mais comum é o controle através de medicamentos. Entretanto, dependendo do caso, pode ser que o problema se intensifique mesmo assim, chegando a se transformar em um câncer no esôfago. Procurando uma solução mais prática, e menos invasiva que surgiu o tratamento TIF.

O que é?

O tratamento endoscópico TIF é realizado com a ajuda de um equipamento médico chamado Esophyx, entre o esôfago e o estômago. Através desse procedimento, se recupera a fisiologia natural do canal, e assim se evita com mais eficácia o refluxo.

Se tratando de um método sem necessidade de incisão, como resultado temos a diminuição de dores, rapidez na recuperação pós-cirúrgica e nenhuma cicatriz visível. Em pouco tempo se restabelece a integridade do paciente, e ele já começa a sentir a mudanças em sua rotina.

Um dos principais benefícios do TIF, além da possibilidade de voltar a ingerir alimentos e bebidas que antes causavam desconforto, é a autonomia do paciente sobre o uso medicamentoso de medicamentos da família do omeprazol. Ou seja, eles se veem mais livres para comer e beber o que gostam, e livres da dependência constante dos medicamentos reguladores.

Para quem é indicado?

Geralmente se recomenda a intervenção cirúrgica a pacientes que possuem um quadro avançado do refluxo gastroesofágico. São situações em que os remédios já não geram mais o efeito de alívio, apresentando maior deterioração entre o estômago e o esôfago.

Para entender se o seu caso se adequa ao tratamento TIF, é extremamente necessário que haja uma conversa prévia com o seu médico. Somente com uma avaliação especializada é possível saber se o nível de refluxo se enquadra à cirurgia. O melhor meio de medir esse nível é realizando o exame de PHmetria esofágica.

Esse é mais um avanço da medicina tornando procedimentos antes mais complexos, em situações menos invasivas e focado completamente no bem-estar e recuperação do paciente. Se você sofre de refluxo avançado e sente sua vida prejudicada por esse problema, procure um médico, se informe e recupere sua qualidade de vida!

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“Como é o novo tratamento endoscópico para o Refluxo?”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

O que você precisa saber antes de realizar o Plasma de Argônio

Em torno de 15% dos pacientes pós cirurgia de Bypass gástrico, tem recidiva de parte do peso. É uma situação claramente frustrante e afeta o psicológico da pessoa ao visualizar esse retrocesso, interferindo negativamente na sua adequação à nova rotina.

Com a preocupação de manter elevada a disposição de nossos pacientes a abraçarem uma nova realidade em suas vidas, oferecemos a terapia com plasma de argônio. Que consiste na cauterização da comunicação entre o pequeno estômago e o intestino, resultando em uma maior sensação de saciedade após as refeições, mesmo em quantidades mínimas.

Entretanto, é necessário se atentar a alguns fatos antes de optar por esse procedimento, que apesar de ser minimamente invasivo, dispensando até a necessidade de internação, exige alguns cuidados:

– O tratamento é indicado somente para pacientes que realizaram cirurgia de BYPASS gástrico, ou CAPELLA e que tenham sentido o reganho de peso;

– Indicado também a pacientes que não tenham atingido a perda de peso desejada ou previamente estimada, após 1 ano pelo menos do procedimento, também podem ser encaminhado para o tratamento com plasma de argônio;

– O procedimento em si gera um resultado muito satisfatório, mas é vital que se mantenha o acompanhamento multidisciplinar, envolvendo nutricionistas, endócrinos, psicólogos e preparador físico. A terapia com plasma de argônio, não elimina as outras etapas do tratamento de redução de peso;

– O tratamento leva em torno de 15 minutos cada sessão, sendo necessárias, em média, de 3 a 4 em intervalos regulares. Importante reforçar, que por se tratar de um procedimento por endoscopia, o paciente deve estar sempre acompanhado por um maior de 18 anos;

Queremos que nossos pacientes se sintam motivados em todos os aspectos desse difícil processo de reeducação e adaptação, após uma intervenção cirúrgica bariátrica. Por isso, o apoio e o estimulo para que se mantenha a disciplina exigida nessas situações, tanto familiar, quanto profissional, não tem precedentes.

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“O que você precisa saber antes de realizar o Plasma de Argônio”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

Conheça os Tratamentos Minimamente Invasivos tipo TIF

A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), popularmente conhecida como azia, é um mal que atinge, segundo dados da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), 30% da população adulta do Brasil. Contudo, o novo tratamento TIF pode ser uma solução segura e eficaz para muitas dessas pessoas!

O Refluxo Gastroesofágico (DRGE)

Quando não tratado, o Refluxo compromete a qualidade de vida, afetando o sono, agravando doenças pulmonares e ocasionando úlceras. Além disso, a doença pode levar ao desenvolvimento de complicações mais graves, tais como o câncer de esôfago e esôfago de Barrett.

Tratamento Cirúrgico?

Do total de pacientes que sofrem de refluxo no País, cerca de 40% não tem resultados efetivos com o tratamento medicamentoso e precisam apelar para um tratamento cirúrgico. Entretanto, um novo dispositivo médico, que teve seu uso aprovado pela Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa), pode ser uma alternativa para tratar a doença de forma mais simples e rápida.

O Tratamento TIF pode lhe ajudar!

Trata-se do Esophyx, implantado entre o esôfago e o estômago por meio de um procedimento endoscópico denominado TIF (do inglês Transoral Incisionless Funduplication, ou Procedimento Transoral de Funduplicatura). O dispositivo já é amplamente usado nos Estados Unidos (aprovado pelo FDA em 2007) e Europa.

Estudos clínicos com acompanhamento de 3 anos apontam que 75% dos pacientes ficam livres da medicação e 82% tem a esofagite completamente cicatrizada.

Dessa forma, o Tratamento TIF Minimamente Invasivo pode ser uma solução segura e eficaz no tratamento do seu refluxo!

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“Conheça os Tratamentos Minimamente Invasivos tipo TIF”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

Terapia com Plasma de Argônio: Quais as vantagens?

Você já conhece a Terapia com Plasma de Argônio? Descubra quais são as suas vantagens a seguir:

A Terapia com Plasma de Argônio é uma nova alternativa de tratamento para o reganho de peso no pós-operatório de Cirurgia Bariátrica Bypass. Além disso, essa terapia é um método eficaz e minimamente invasivo, já que é realizado por endoscopia.

Qual a indicação para o Plasma de Argônio?

Quando o assunto é o tratamento da obesidade, o plasma de argônio é indicado para pacientes que já realizaram a cirurgia de bypass e tiveram uma recidiva de peso e de doenças prévias, sofrendo as consequências físicas, sociais e emocionais da obesidade. Assim sendo, o Argônio é um tratamento para o reganho de peso de pacientes que realizaram o bypass Gástrico.

Reinserção no Grupo Multidisciplinar

Em nosso serviço, a terapia com plasma de argônio faz parte de uma reinserção no grupo multidisciplinar. Isto é, o acompanhamento nutricional e psicológico que visa a otimização dos resultados da cirurgia bariátrica.

Em nosso grupo multiprofissional faz-se imprescindível o acompanhamento nutricional, psicológico e do preparador físico para otimizar os resultados em termos de perda e controle da perda de peso.

Mas o Tratamento é Seguro?

O tratamento multiprofissional de Plasma de Argônio é seguro, rápido e com baixo índice de complicações.

Como Funciona a Terapia com Plasma de Argônio?

Através de endoscopia sob sedação, é realizada uma cauterização da comunicação entre o pequeno estômago e o intestino. Dessa forma, diminui-se o calibre dessa comunicação e proporciona-se uma maior sensação de saciedade, mesmo com pequenas quantidades de alimento ingerido.

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais sobre a Terapia com Plasma de Argônio!

 

Agende sua consulta

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
☎️ (41) 3156-0141
📱 (41) 41 9107-6249 | WhatsApp
🏡 Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Assuntos Relacionados

Gordura Abdominal também causa Refluxo!

Você já ouviu falar que Gordura Abdominal pode causar refluxo? Mas será que isso é verdade? Descubra a seguir:

O Refluxo Gastroesofágico (DRGE) é uma doença digestiva em que o líquido estomacal retorna ao esôfago e danifica os tecidos desta região, causando dores e inflamação. Entretanto, obesidade e alimentação inadequada podem agravar ainda mais os sintomas da doença, gerando desconforto e diversos outros problemas.

Em geral, isso acontece por conta da pressão exercida pelo tecido adiposo (gordura) sobre o estômago. Assim, o músculo Esfíncter Esofágico Inferior (EEI) fica ainda mais comprometido no processo de impedir o retorno dos alimentos e do ácido estomacal para o esôfago.

Nesse processo, os sintomas do refluxo, tais como náuseas, queimação, azia, indigestão e inchaço se tornam ainda mais graves e incômodos. Vale lembrar que o refluxo pode ocasionar doenças como o câncer de esôfago e a esofagite.

Além disso, a alimentação inadequada e frequente realizada por pacientes obesos pode agravar ainda mais os sintomas da doença. Alguns desses alimentos podem incluir: alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas, chocolate e muita cafeína.

Assim, é importante buscar acompanhamento médico para dar início ao tratamento mais adequado para as suas circunstâncias.

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“Gordura Abdominal também causa Refluxo!”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados