Prós e Contras do Balão Intragástrico

Prós e Contras do Balão Intragástrico

O Balão Intragástrico é uma alternativa eficaz no tratamento da redução de peso, em pacientes que sofrem de obesidade, além de suas doenças relacionadas.

Através do seu procedimento, um balão é introduzido no estômago do paciente, e insuflado com um líquido, geralmente soro fisiológico, ocupando cerca de 60% da capacidade estomacal.

Dessa forma, esse dispositivo aumenta a sensação de saciedade do paciente, fazendo com que haja menor ingestão de alimentos.

Mas para além de suas vantagens, quais são suas contraindicações? Você irá entender melhor tanto um lado, quanto o outro a seguir, então é só continuar lendo!

Vantagens

A lista de vantagens da aplicação do Balão Intragástrico, no paciente obeso, tem uma relação direta na sua característica quanto técnica endoscópica. Ou seja, totalmente ambulatorial, não havendo a necessidade de uma cirurgia na sua colocação.

Entre os tantos prós do Balão Intragástrico, podemos citar:

• Como já dito, sendo de caráter ambulatorial, não precisa de internação hospitalar;

• Por não ser uma cirurgia, não há a remoção de parte de nenhum órgão;

• Completamente reversível, esse tratamento pode ser interrompido a qualquer momento, mediante desejo do paciente;

• Pode ser realizado mais de uma vez com tranquilidade, caso exista a necessidade;

• Oferece uma perda média de até 20% do peso original do paciente;

• Tratamento de baixíssimo risco de complicações ou morte, extremamente seguro, e realizado sempre respeitando as condições clínicas e individuais de cada paciente.

Contra(indicações)

Os contras, ou desvantagens do procedimento, na verdade giram em torno de contraindicações, antes da sua realização. É necessário atender a alguns fatores, para que se garanta o melhor resultado após a colocação do balão, de maneira a evitar desconfortos ao paciente.

As principais contraindicações têm muito mais a ver com doenças prévias do paciente, e outras condições que podem se tornar impeditivos na colocação do Balão Intragástrico. Entre elas:

• Estômago com histórico de operação no passado, afinal é necessário que o órgão esteja integro para o procedimento;

• Presença de tumor no estômago;

• Úlcera ativa na parede gástrica, que pode ser tratada antes da colocação do balão;

• Hérnia diafragmática hiatal maior que 5 cm, a qual transforma a anatomia do estômago em um formato e ampulheta, impossibilitando o posicionamento do Balão Intragástrico;

O Balão Intragástrico, além de servir como tratamento ao excesso de peso, ele pode também ser usado como um tratamento complementar para pacientes que possuem obesidade mórbida, e que ainda não podem passar por uma bariátrica.

É simples, eficiente e entrega resultados muito positivos em pouco tempo. E sempre lembrando que sua recomendação, aplicação será mediante a exames e análise caso a caso.

Ajude mais pessoas a conhecer sobre os benefícios do Balão Intragástrico, compartilhe essa publicação com amigos, conhecidos e familiares. E se você já realizou esse procedimento, aproveite para deixar a sua experiência aqui nos comentários!

Alguma Dúvida? Entre em contato com a Clínica Endoscopia Ecoville e saiba mais!

Colonoscopia e Retossigmoidoscopia: Qual a diferença?

“Prós e Contras do Balão Intragástrico”

Agende sua consulta na Endoscopia Ecoville em Curitiba

Endoscopia Ecoville – Cirurgia Bariátrica
www.endoscopiaecoville.com.br
(41) 3156-0141 | 30289598
(41) 9 9107-6249 | WhatsApp
Hospital INC – R. Jeremias Maciel Perretto 300, Ala C, Campo Comprido, Curitiba PR

Responsável técnico: Dr. Daniellson Dimbarre (CRM 14077)
Endoscopia (RQE 16791)
Cirurgia do Aparelho Digestivo (RQE 8021)
Cirurgia Geral (RQE 662)

Assuntos Relacionados

Dr. Daniellson Dimbarre

You must be logged in to post a comment